Google+ Followers

terça-feira, 24 de abril de 2012

Reprograma-se

Mergulho em você mesmo

Temos medo de estarmos conosco, mergulharmos em nosso interior. O silêncio e sua prática nos leva a esta possibilidade de encontro profundo e revitalizador. Com o silêncio, encontramos a paz e o amor incondicional vem com toda a força transformadora. "O amor é a força mais sutil do mundo.O mundo está farto de ódio". É é este ódio irracional e distante da força criadora que destrói,corrompe e ensurdece a humanidade.
     Pare! Recomece! Reprograme-se... O silêncio pode ser o ponto chave desta nova caminhada. Pratique-o diariamente e transforme um pouco nosso mundo. Ouça-se.    Temos de nos tornar a mudança que queremos ver no mundo. Você tem que ser o espelho da mudança que está propondo. Se eu quero mudar o mundo, tenho que começar por mim."
    Pratique diariamente o silêncio da paz. Respire profundamente algumas vezes. Inspire e sopre lentamente até ir relaxando e mergulhando dentro de si mesmo. Feche os olhos e silencie seus medos, preocupações e ansiedades diárias, por alguns momentos. Dê a chance à sua paz e a paz do mundo.
    Faça a sua parte, se doe sem medo. O que importa mesmo é o que você é...Mesmo que outras pessoas não se importem. Atitudes simples podem melhorar sua vida.
 Você nunca sabe que resultados virão da sua ação. Mas se você não fizer nada,não existirão resultados. Espalhe esta ideia.
 Transforme o mundo, a partir de você.

"Seja a mudança que você deseja para o mundo".


quinta-feira, 19 de abril de 2012

Pegadas na areia



"Uma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando com o Senhor, e através do céu passavam cenas da minha vida. Para cada cena que se passava percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era o meu e o outro do Senhor. Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que, muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei, também, que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. 
Isso entristeceu-me deveras, e perguntei então ao Senhor: - Senhor, Tu me disseste que, uma vez que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre comigo, mas notei que , durante as maiores atribulações do meu viver, havia na areia dos caminhos da vida apenas um par de pegadas. Não compreendo por que, nas horas que eu mais necessitava de Ti. Tu me deixaste. 
O Senhor me respondeu: - Meu precioso filho, Eu te amo e jamais te deixaria nas horas de tua prova e do teu sofrimento. Quando viste na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí que Eu, nos braços te carreguei..." 

 Do livro "Pegadas na areia" - Margareth Fishback Powers - Ed.Fundamento

Acho que todos conhecemos esse texto, ou quase todos...
Todos precisamos saber que não estamos sozinhos, e é muito bom saber que Deus não é um Ser que julga, mas que ama, que acolhe e nos conduz se nos entregarmos em seus braços de PAI.
Senhor, há muito tempo entreguei meus caminhos, minha vida a TI. E sabes o que se passa em meu coração, continue caminhado comigo....

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Faxina

Não sei vocês, mas ao fazer uma faxina aqui em casa, a primeira coisa que faço é bagunçar ainda mais, é um tal de tirar dali colocar aqui e com isso começo um canto e logo me vejo mexendo em outro sem ter terminado o primeiro e com isso bagunço muito antes de realmente ver o progresso da minha faxina.Aonde quero chegar com isso? Preciso de uma faxina, uma faxina de mim mesma... Preciso encontrar meu novo EU, me reprogramar, me reconhecer, me reestabelecer.....
Então sejamos todos bem vindos a essa busca incansável em busca de nós mesmos, e Boa Sorte a todos!!!